CONHEÇA O LIONS CLUBE CONHEÇA A LOJA MAÇONICA LUZ DE BRODOWSKI CONHEÇA O C.A.BANDEIRANTE

BRODOWSKI FUTEBOL CLUBE

(por Antonio Douglas Zapolla)
brodowski

Como instituição esportiva, somente em 1920 teve inicio o futebol, entre os brodowskianos, quando veio a ser fundado o Brodowski Futebol Clube, sob a presidência de João de Paula Cortez, então Coletor Estadual.
É o que atestam antigos moradores da localidade, pois a esse respeito não foi localizado qualquer documento.

Logo, em 1922, era este seu quadro principal : Totonho, Nelson Aguiar, José de Lima Filho, Floriano Pereira Ramos, Augusto Zapolla, Felício José Sahadi (Saidi), Fiuca, Lordi, Baiano, Eugênio Stecchini e José Honorato. Por volta de 1925, quando presidente do clube o moço Odilon Pereira Ramos, o futebol viveu grandes momentos, entre nós, com o excelente goleiro salim (Antonio Pedro Sahadi), Aristides, Osias Carvalho, Antonio Rodrigues dos Santos (português), Luiz Honorato e Cassiano Passos. Este tornou-se futebolista de projeção no Estado, como participante do Clube Atlético Paulistano, da capital (1). Na ocasião, começaram a despontar novos valores, entre os quais Miguel Pizza. Em 1926, renovou-se a diretoria da agremiaçào, sob a presidência de José de Paula Lima. E o nosso futebol veio a ser fortalecido com Luiz Moy, Sandrão (Aurélio Martini) e Pilunga (Carlos Eugênio de Freitas), dos melhores que a cidade conheceu, antes e depois.
O clube, naqueles idos, muito ficou a dever ao seu diretor esportivo de muitos anos, o irriquieto Zé Turquinho (José Jorge Sahadi), a cuja memória a cidade decerá ser soficientemente grata pelos serviços que ele nos legou, em variados segmentos.Outros decididos colaboradores do antigo futebol brodowskiano foram Ângelo Tornatore, Antonio Mendonça, Francisco Beanuci, Eugênio Stecchini, Alfrdo Soares de Oliveira, José Batista Cavalieri...

Entre outros exerceram a presidência do "Brodowki Futebol Clube"os esportistas Alfredo Lopes Cândido, Antonio Ferraz Braga, Tárcio Pinho, Alberto Ezinatto, José Fabbri, este já em 1936. Em 1938, o coletor federal, Antonio Mendonça veio a ser de novo presidente da tradicional agremiaçã tendo tido como secretário Ary Grellet, então gerente da Empresa de Eletricidade e tesoureiro Luiz Honorato, figura das mais salientes da vida brodowskiana, mais tarde vereador, durante dezesseis anos seguidos( 1948/1963).
Foi essa diretoria que conseguiu numerário suficiente para inicialmente murar toda a volta do campo de esporte.
No ano seguinte a cargo de Euclides Valente, então chefe da Mogiana.

O FUTEBOL EM BRODOWSKI, DEPOIS DE 1930

Surgindo, na cidade, em 1933, como sabe o leitor, que vem perfilhando estas notas, de início sob a denominação de Bandeirante Futebol Clube ( atual Clube Atlético Bandeirante), a "A Cidade", em sua edição de 9.7.1933, a respeito desse clube, estampou a seguinte notícia:
"Talvez nem todos saibam , mas o certo é que Brodowski possui um clube de futebol, fundado por um grupo de amantes de tão útil e apreciado jogo bretão. Para hoje, às 3 hs da tarde está marcado o seu primeiro jogo com o juvenil S.P.C. da vizinha cidade de Batatais".

O editorial esclarecia que o novo clube já dispunha de campo para treino, mas que a pugna de estréia seria realizada no gramado do Brodowski Futebol Clube, cedido pelo diretor esportivo, José Sahadi. Esta foi a escalação do time, naquele seu batismo de fogo : Calegari, Tampa, Passos, Bruno, Zequinha, Odilon, Orlando, Honório, Deoclides Belloni (Dola), Antonio Francisco Bernardes (Chico) e Vicentini. Figuravam como reservas: Garibaldi e Testinha. Conquistou inúmeras vitórias, o C.A.Bandeirante e muito projetou o nome de Brodowski em seu campo e fora dele. Em 1940, por sua vez, o BRODOWSKI F.C. foi vice campeão do torneio realizado pela Associação Regional de Esportes de Ribeirão Preto.
Vários clubes de São Paulo jogaram em Brodowski, numa fase de singular entusiasmo esportivo, vivida até 1945, aproximadamente. Foi quando se organizou o INDEPENDENTE F.C. , por iniciativa de FABIANO PEREIRA RAMOS JR (NONÓCA), em virtude de haverem entrado em melancólico recesso, o B.F.C. e o C.A.B..

Enquanto o "Independente" durou, e durou apenas 26 partidas, Nonoca foi tudo, na agremiação, desde o presidente perpétuo até roupeiro. Revelou-se ele o grande dirigente do nosso futebol, à data. A partir do primeiro jogo, que venceu contra a famosa Francana, pela contagem de 6x0, nenhuma derrota sofreu o clube "Independente", durante sua existência, Seu esquadrão principal teve, com ligeiras modificações circunstanciais, a seguinte formação. Vicente Fabbri, Antonio Scandelari e Gil Ramos da Costa, Antonio Francisco Bernardes, Orlando Morando e Laury Martini, Wlademir Albarello, Ofir Lopes, Jayme Morando, Paulo Braga e Floriano Martini. Contava também com os atletas Deoclides Morando, Armando e Roberto Scozzafave.

Por volta de 1948, quando já não existia o "Cruzeiro Futebol Clube". Através dele, surgiram novos craques, no pedaço, entre os quais Romeu Morando, Edney Frederico, Fuasto e Fleury Fabbri, Deusdet Almeida Pinto, Francisco Lascala, Joaquim Caetano ( que morreu sob as sacarias de uma casa de comércio, na cidade ), Waldomiro Caetano, Idair Fantinati, Afro Lima Santos...

O "Cruzeiro teve vida efêmera, mas serviu de estimulo à fundação de outra agremiação futebolistica, em nosso meio, naqueles idos. Referimo-nos ao "Internacional Futebol Clube", dirigido por Israel Ribas, Zé Turquinho, Nonoca, Salvador Lascala e José Meireles, que conseguiu reagrupar Vicente Fabbri, Tonico Scandelari, Gilzinho, Chico Bernardes, Wlademir Albarello e Jayme Morando. Na década de 50, vieram a salientar-se novos valores do nosso futebol, dos quais todos devem lembrar-se : Emiliano Magalhães, José Terra, Floriano Martini, Waldemar Morando, Wilson Lascala, Oscar Tofetti e os goleiros Fonseca e Arnaldo Moi, que muito elevaram o nome do "Internacional", campeão da cidade, em 1953, quando fez parte de seu esquadrão o jovem Joaquim Saul de Oliveira Passos, ao qual o esporte local ao qual muito está a dever, em especial, como dirigente que foi do "Bandeirante", entre 1965 e 1975.

Extinguiu-se o "Internacional", quando em meio à década de 50 resurgiram o Brodowski Futebol Clube e o Clube Atlético Bandeirante, para cumprirem, como cumpriram, novas etapas de sucesso.
O "Bandeirante", entre 1958 e 1965 teve resolutos incentivadores de seu futebol, entre os quais Jayme Morando, Israel Rias, José Zapolla, Geraldo Carreira, José Meirelles, Mário Mandrá, Inácio do Prado Malheiros e Geraldo Gotardo (Alemão) entre outros, naturalmente, de igual ou menor atividade...
Renaceria, na cidae, a velha rivalidade que nas décadas de 60/70 rendeu bons frutos ao futebol brodoskiano. No periodo de 1963/75, o Clube Atlético Bandeirante foi campeão-amador, no setor de Ribeirão Preto e três vezes campeão paulista, em promoções da mesma natureza, levadas a efeito pela Federação Paulista de Futebol. Por sua vez, o "Brodowski" sagrou-se também campeão-amador setorial, em 1970, 1971 e 1976 e ainda em 1981, 1982 e 1983, e vice-campeão estadual no ano de 1983.

Nas últimas décadas, teve o velho Brodowski Futebol Clube dedicados presidentes. De um modo geral, cidadãos pertencentes a bem antigas famílias Fabbri, Furlan, Honorato, Belloni, Morando, Mandrá, Mendonça Furtado, Adami, Barreto da Costa, Gréggio e outras, que pela sua cooperação em favor das nossas instituições, fizeram-se credoras do reconhecimento da comunidade, nos mais variados setores da vida local.

ALGUNS DESTAQUES

A partir de Cassiano Passos, o maior futebolista brodowskiano, que veio a pertencer ao Paulistano Futebol Clube, vários atlétas nossos conquistaram brilho em outros estádios : Pilunga, em Quatá, nos anos 30; Augusto Zapolla, em Batatais; e depois Laury Martini, no "Internacional", de Bebedouro; Vavá(Lavoisier) Amaral, em São José do Rio Pardo; Piota Lascala no "Comercial"e Ofir Lopes no "Botafogo", ambos de Ribeirão Preto; e Orlando Morando, no glorioso São Paulo Futebol Clube...

Atualmente, em 2018, o BRODOWSKI F.C. é presidido por CELSO REATO
campeão
CAMPEÃO REGIONAL L.R.F. = VICE CAMPEÃO AMADOR DO ESTADO F.P.F. / 1983
em 1.986, o BRODOWSKI F.C. foi campeão estadual depois de uma campanha espetacular....
A ORIGEM DO FUTEBOL EM BRODOWSKI



contador de visitas para blog